Qual escolher: Empilhadeira Elétrica ou Empilhadeira à Combustão?



Quando há necessidade do deslocamento de carga na rotina de uma empresa, uma empilhadeira torna-se essencial.


Essa tornará o serviço logístico dentro da firma mais prático e seguro, poupando os funcionários de incessante desgaste e economizando tempo de trabalho.


Contudo, uma empilhadeira deve ser escolhida de acordo com a exigência do seu negócio.


Portanto, se faz necessário a diferenciação entre uma empilhadeira elétrica e uma empilhadeira à combustão

.

Neste artigo, traremos as principais características desses dois tipos de empilhadeira e assim será possível que você faça uma escolha responsável para a sua empresa.

Qual será o uso da empilhadeira?


Primeiramente, para saber qual tipo de empilhadeira escolher, é fundamental que saiba em qual local essa será usada.


Ambientes internos:


Em um ambiente interno, uma empilhadeira elétrica é a melhor opção.


Pelo fato de, geralmente, ser mais compacta, o manejo com esse tipo de empilhadeira pode ser feito em ambientes que possuam corredores ou maior necessidade de manobras.


Além disso, por não emitir gases durante o funcionamento, uma empilhadeira elétrica é a mais adequada para ambientes como câmaras frigoríficas, almoxarifados e armazéns.


Ambientes externos:


Com o manuseio de cargas sendo realizado em ambientes externos, as empilhadeiras à combustão podem ser mais vantajosas.


Por serem à prova d’água e funcionarem em plena capacidade quando em temperatura ambiente, elas são eficazes em locais externos.


Ademais, essas empilhadeiras emitem gases poluentes, que se inalados com frequência por funcionários, podem gerar problemas respiratórios. Para ser usado em ambientes internos, com segurança, uma empilhadeira à combustão deve ser utilizada em um local extremamente ventilado.



Abastecimento da empilhadeira


É importante lembrar que uma empilhadeira à combustão, normalmente, terá um preço de aquisição menor do que uma empilhadeira elétrica.


Entretanto, a primeira irá se abastecer com GLP, diesel ou gasolina, igualando-se ao valor da elétrica ao longo prazo. Essa ideia se comprova quando analisamos que o carregamento das baterias pode custar quase a metade do que, por exemplo, o GLP custa em média.


Apesar disso, um tanque de GLP, pode durar até 8 horas e ser reabastecido em menos de 5 minutos, ou seja, a máquina pode voltar a trabalhar rapidamente.


Enquanto isso, a bateria de uma empilhadeira elétrica dura de 5 a 8 horas, sendo necessário carregá-la por 8 horas para restabelecer a energia máxima.



Manutenção da Empilhadeira


Por último, falamos sobre a manutenção dessas máquinas, parte crucial para se ter conhecimento antes de adquirir a sua.


A empilhadeira elétrica, pelo motivo de conter um menor número de peças móveis no seu interior, necessita, consequentemente, de menos manutenções.


Além disso, a elétrica, pela configuração mecânica simplista do motor, necessita de menos reparos nesse e os riscos de incêndio são reduzidos.



Conheça a PrestBater



Fundado em 1999, o grupo PrestBater é detentor de duas marcas: Rental e Eurotrac, que oferecem seus produtos e serviços para todo o Brasil. Além disso, representamos a Baoli, marca pertencente à Kion South America.


Somos referência tanto na manutenção de baterias tradicionais e controladoras, quanto na venda e locação de empilhadeiras. Para saber mais ligue (11) 4496-4430


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square